.

“São quatro meses de trabalho com recursos próprios”, afirma prefeito de Santana do São Francisco

publicada em 11/05/2021 12:12 por Robson Vieira Santos

“São quatro meses de trabalho com recursos próprios”, afirma prefeito de Santana do São Francisco

O prefeito de Santana do São Francisco, Ricardo Roriz (PSD), falou sobre a gestão do município ribeirinho em entrevista à Liberdade FM. Durante um bloco inteiro do programa, o prefeito santanense falou das dificuldades do município, que atualmente negocia uma dívida de R$ 16 milhões herdada da administração anterior, mas ainda assim consegue pagar o funcionalismo público em dia e exaltou o avanço na vacinação contra a Covid-19.

“Estamos trabalhando bastante, com toda a dificuldade, principalmente por não estarmos recebendo ajuda alguma do Governo Federal. São cinco meses de trabalho com recursos próprios para que possamos dar uma garantia de saúde de qualidade para a população [...] pegamos uma dívida de mais de R$ 16 milhões, para se ter uma ideia. Estamos administrando com mãos de ferro e pagando os salários em dia, inclusive com os efetivos recebendo de forma antecipada e os demais sem nunca passar do dia 30.”, disse Ricardo.

Segundo o prefeito, o seu retorno à gestão do município mais jovem de Sergipe tem sido desafiante devido à crise sanitária e econômica decorrente da pandemia da Covid-19. “Com a pandemia, a queda na compra do artesanato caiu em mais de 70%. Há artesãos com dificuldades de suprir a sua alimentação no dia-a-dia. Só em Santana, temos mais de 1.300 famílias abaixo da linha de pobreza”, destacou.

Vacinação
Apesar dos obstáculos, Ricardo Roriz exaltou o trabalho realizado pela gestão na Saúde. Os dados da vacinação em Santana do São Francisco demonstram uma taxa de 100% de aplicação em todas as primeiras doses recebidas via Governo de Sergipe, elevando o município à condição de administração exemplar dos imunizantes.

“Já efetuamos mais de mil exames contra a covid, todas as vacinas que chegam no município são aplicadas em menos de 48h, estamos com 100% de aplicação na primeira dose e na segunda com cerca de 60%, devido ao cumprimento dos prazos de aplicação”, completou.

POR INNUVE COMUNICAÇÃO

Compartilhar | Imprimir


Mais Fotos...

38 visualizações