.

VIII Conferência Municipal de Assistência Social

publicada em 13/08/2019 00:00 por Enzo Mattos e atualizada em 13/08/2019 19:51 por Enzo Mattos

São Francisco realiza VIII Conferência Municipal de Assistência Social

O evento foi realizado na Ginasio e contou com a presença de cerca de 150 pessoas

A Prefeitura de São Francisco e o Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), realizaram na terça-feira, 13 de agosto, no ginásio poliesportivo, a VIII Conferência Municipal de Assistência Social. Nesta edição o tema abordado foi: "Assistência Social: Direito do povo, com financiamento público e participação social". 

A abertura foi realizada pela Secretária de Assistência Social, Gelvania Santana Silva e pela presidente do CMAS, Barbara Barbosa. Após as saudações inicias foi realizada a leitura e aprovação do regimento interno. Oportunidade em que a Secretária Gelvania Santana destacou a importância desse instrumento para aprimoramento da política de Assistência Social para as cerca de 150 pessoas presentes representando as entidades e trabalhadores do SUAS. 

"São nas conferências que são discutidas as melhorias das políticas públicas da Assistência Social. Na verdade elas servem para unir a esfera governamental, entidades não governamentais e a sociedade civil, que são os beneficiários dessas políticas públicas. Então, esse é o fórum onde é debatido propostas e firmado acordos que servirão de diretrizes para as ações futuras da Assistência Social", afirmou.

Ainda na parte da manhã as palestrantes Helba e Deise fizeram uma explanação sobre fornecimento público e participação social, oportunidade em que destacou a cooresponsabilidade de cada ente federado. 

Após ser servido o lanche para os presentes, iniciou-se a formação dos grupos temáticos. Para facilitar as discussão, os delegados foram divididos em três eixos, onde foram formulado propostas que foram submetidas a avalição e a aprovação da plenária final. 

A conferência encerrou com a escolha dos 4  delegados e seus respeitáveis suplentes que representarão o município na Conferência  Estadual. Conforme Regimento, a escolha atendeu ao critério de paridade de 50% da sociedade civil e 50% governamental. 

Compartilhar | Imprimir


Mais Fotos...

70 visualizações