.

Caminhada marca combate ao trabalho infantil

publicada em 12/06/2018 00:00 por

Uma manhã de muita alegria, descontração, mas, sobretudo, de reflexão e mobilização. Crianças e adolescentes de escolas municipais, particulares e estaduais, participaram, junto à equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social, Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA) e  Conselho Tutelar, de uma caminhada de sensibilização contra o trabalho infantil, que culminou em apresentações teatrais e muita música voltada ao tema.

O evento dá início ao mês de atividades alusivas ao Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil e foi realizado na manhã desta terça-feira (12), com concentração na Praça da Bandeira, passando pelas ruas da cidade sendo finalizada a caminhada na Orla de Propriá. A ação faz parte do calendário de atividades da campanha que está abordando o combate ao trabalho infantil, promovida pela Prefeitura de Propriá por meio da Assistência Social, Conselho Tutelar e CMDCA.

Para a Presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA), Carmem Santos, esse momento de conscientização é importante para trazer à discussão um assunto tão delicado, “Nós queremos combater o trabalho infantil no nosso município, então  esse evento é pra chamar atenção da população e dizer que não aguentamos mais ver nossas crianças e adolescente serem vítimas do trabalho infantil, então precisamos lutar para que os direitos de nossas crianças sejam respeitados e que elas possam ter inserção social de forma justa’’.

Durante a caminhada, houve distribuição de panfletos, cartazes e folders para chamar a atenção da população. Já na Orla tiveram apresentações musicais com o Grupo de Convivência e fortalecimento da Assistência Social, dança e apresentação com a AABB Comunidade. Estiveram presentes, os Secretários Municipais Iokanaan Santana Filho (Saúde) e Rafael Sandes (Educação). Os vereadores Marcos Graça, Pequeno, Heldes e Branca, além da primeira-dama Helena Santana que foi prestigiar o evento.

O 12 de junho é o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. A data foi instituída  pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) em 2002, para conscientizar a sociedade, trabalhadores, empregadores e governos do mundo todo contra o trabalho infantil. No Brasil, o trabalho infantil só é permitido a partir dos 14 anos de idade, na condição de aprendiz, e com registro em carteira de trabalho.

Por Katlen Bomfim

Jornalista

Fotos: Romulo Costa

 

Compartilhar | Imprimir