.

O Município

História do Municipio

 

 

 

Histórico

Terra de José Augusto Sergipano, povo simples, gentil e trabalhador. Já foi Cemitério, adotando Sant'Ana como padroeira e para lembrar a Guerra do Paraguai, recebeu o nome de Aquidabã.

Município do Estado de Sergipe, localizado na região central do Sertão do São Francisco, a 98 quilômetros de Aracaju. A denominação dessa cidade reporta-se ao riacho Aquidabã, afluente do Rio Paraguai, localizado a leste de Assunção, que em suas margens foi travada em primeiro de março de 1870 a batalha que pôs fim a Guerra do Paraguai, considerado um dos maiores genocídios das Américas.

O município de Aquidabã, fora criado pela lei nº 1.215 de 4 de abril de 1882, sendo desmembrado o seu território dos de Propriá e Capela, conseguindo a sua independência e consequentemente emancipação, momento que a Freguesia é elevada à categoria de Vila.

Sabe-se, pela tradição, que a Câmara Municipal, que governava o Município e a Sede Municipal, já funcionava há muito tempo. No fim do século passado, por volta de 1898, criou-se a Intendência, tendo sido empossado Francisco Figueiredo, como 1º administrador municipal, após nomeação pelo Governo do Estado de Sergipe. Ressalta-se que a povoação surgiu, no 2º quartel do século XIX, à beira da estrada, ao redor de um cemitério, próximo a uma santa cruz, daí o porque do primitivo nome : Cemitério. Como a Santa Cruz, depois, fora ampliada, dando-se como santa padroeira, Sant’Ana (não se deve escrever, por razões históricas Santana) o lugar já no ato de criação da povoação, tomou o nome de Cemitério de Sant’Ana.

Aquidabã é hoje uma cidade florescente e progressista, tem um grande futuro pela frente, pois o município é próspero, sobretudo pela sua riqueza pecuária, seu comércio e sua feira, uma das melhores do estado. A razão primeira da povoação foi, segundo os dados históricos, o do surgimento da feira, onde se vendem às segundas-feiras, os produtos indispensáveis a alimentação do povo circunvizinho, pois a feira tem influência em várias cidades da região.

                Os cidadãos nascidos em Aquidabã são: aquidabãenses, aquidabanenses e ainda segundo o escritor Lauro Rocha de Lima, em razão de sua origem Tupy podem ser chamados de aquidabapolitanos. 

 

Fonte:  SANTOS, Jackson Crisóstomo dos. História e Identidade Cultural de Aquidabã. 1ªed. Aquidabã, 2014.

              http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/sergipe/aquidaba.pdf

 

Hino do município de Aquidabã
Letra por Lauro Rocha de Lima
Melodia por José Pereira da Rocha

Teu passado nos orgulha,
Teu futuro nos irmana,
Abençoado o teu solo,
Onde caminha Sant’Ana!

Eu te amo, minha terra,
Confio no teu amanhã
No trabalho de teus filhos,
Te exalto, Aquidabã!

O teu povo mui honrado,
A tua terra dadivosa,
O teu campo é sagrado,
Pela mão de Deus generosa!

Na luta pela liberdade,
Resguardando a soberania,
Vencemos o Paraguai,
Com briosa galhardia!

Saúdo Aquidabã querida,
És uma preciosidade,
Grande bem de minha vida!
Te juro fidelidade!

Nasceste de um santo campo,
Debaixo de um céu de anil,
O teu nome homenageia,
A vitória do Brasil!

Download do Hino: http://goo.gl/dbebWv

POVOADOS E/OU LUGAREJOS

  •          Cruz Grande
  •          Moita Redonda
  •          Lagoa do Mato
  •          Mulungu
  •          Mocambo
  •          Segredo
  •          Cajueiro dos Potes
  •          Saco de Areia
  •          Papel de Santa Luzia
  •          Frutuoso * 
  •          Jenipapo
  •          Mamoeiro *
  •          Arrodeador **
  •          Arranhento
  •          Barra Salgada
  •          Barreirinho/Oiteiro Alto
  •          Belém
  •          Cajueiro da Cruz Grande
  •          Campo Redondo
  •          Cágado
  •          Canivete
  •          Capim do Boi
  •          Castanho
  •          Coité
  •          Caraíbas ***
  •          Corre Quatro
  •          Curralinho
  •          Derradeiro Campo
  •          Facão
  •          Jurema
  •          Lagoa da Caatinga
  •          Lagoa do Capim
  •          Lagoa do Congo ****
  •          Lagoa da Jurema
  •          Lagoa dos Reis
  •          Lagoa da Várzea
  •          Lagoinhas
  •          Lajes
  •          Lobisomem
  •          Oiteiros
  •          Panda
  •          Papel dos Dias
  •          Papel de São José
  •          Papel de Santo Antônio
  •          Pau Ferro
  •          Poço da Volta
  •          Poço do Tigre
  •          Queimadinhas
  •          Santa Terezinha
  •          Tabocal ****
  •          Tapuio
  •          Taquara
  •          Vaca Preta

* A população dessas povoações se considera como canhobense, mas para o IBGE, estes territórios pertecem a Aquidabã.

** Esse Povoado é dividido territorialmente com os municípios de Aquidabã e Muribeca. 

*** A população desse povoado é distribuída na área territorial de Aquidabã e Canhoba.

**** A população desses povoados está distribuída territorialmente nos municípios de Aquidabã e Malhada dos Bois.

 

Fonte:  SANTOS, Jackson Crisóstomo dos. História e Identidade Cultural de Aquidabã. 1ªed. Aquidabã, 2014.